Destinos,  Europa,  Momondo,  Portugal

TOMAR: O QUE NÃO DEVES PERDER NA CIDADE TEMPLÁRIA by Marco&Andreia – BLOG ESPREITAR O MUNDO

Sermos Embaixadores da Momondo é podermos partilhar experiências de viagens e desconstruir tabus para que o mundo seja um lugar de e para todos.

Apesar de ser esse o principal objetivo, a Momondo deu-nos a oportunidade de conhecer pessoas que partilham da mesma paixão que nós: viajar! O melhor que surgiu deste grupo de embaixadores é a partilha de conhecimento sobre os lugares visitados e as experiências de cada um.

Fomos desafiados pela Momondo a partilhar as melhores dicas de outro embaixador sobre o local onde vive. Escolhemos o trabalho dos nossos colegas Marco e Andreia do Blog Espreitar o Mundo.

Transcrevemos abaixo o artigo deles sobre o que não devem perder numa visita à Cidade Templária de Tomar.

“Conhecida por ser a antiga sede da Ordem dos Templários, Tomar é uma cidade lindíssima, encantadora e com uma riqueza artística e cultural incontornável! Situa-se nas margens do rio Nabão, e é uma das cidades históricas de Portugal, onde expoente máximo está no Convento de Cristo, uma das mais importantes obras do Renascimento. Com tanto para ver e fazer, em seguida compartilhamos contigo o que não deves perder numa visita à Cidade de Tomar:

  • CONVENTO DE CRISTO – Entrada: 6 € | Domingos e feriados gratuitos até as 14h. Integrado no castelo e construído a partir da Charola do século XII, o Convento deu abrigo à Ordem de Cristo a partir do século XIV. Este colossal edifício guarda memórias de figuras incontornáveis  da História de Portugal, como as do Infante D. Henrique, que mandou construir dois claustros e a sua residência;
  • CASTELO DOS TEMPLÁRIOS – Incluído na visita ao Convento de Cristo. Mandado construit pelo mestre D. Gualdim Pais em 1160, à semelhança dos castelos do Médio Oriente , com técnicas de defesa que se revelaram eficazes nas batalhas contra os mouros, durante a dinastia de D. Afonso Henriques;
  • MATA NACIONAL DOS SETE MONTES – Entrada gratuita. Em terras que já pertenciam aos Templários surge, com a Ordem de Cristo, esta Mata murada, conhecida como a Cerca do Convento, um espaço de recolhimento e cultivo, mais tarde abastecido pelo sistema de rega filipino. Este parque é o pulmão da cidade e é o local ideal para um passeio romântico ou em família;
  • AQUEDUTO DOS PEGÕES – O aqueduto foi projetado no reinado de Filipe I por Pedro Fernandes Torres, que iniciou a obra em 1597 com o objetivo de encaminhar as águas de quatro nascentes diferentes, situadas nos arredores da cidade, até ao Convento de Cristo . A sua estrutura é semelhante à dos aquedutos de Elvas e Évora, tem uma extensão de seis quilómetros e é composto por 180 arcos perfeitos que, no vale de Pegões (a zona de maior declive), assentam num conjunto de 16 arcos quebrados que lhe conferem toda a sua imponência e beleza;
  • IGREJA DE SANTA MARIA DO OLIVAL – Nesta igreja gótica do século XIII, construída sobre um mosteiro beneditino, reside a alma templária desde o início da nação. Foi Panteão dos Cavaleiros, como o Mestre D. Gualdim Pais, cuja lápide ainda hoje aqui permanece. Para além dos sinais Templários, destaca-se a rosácea e a torre sineira, antiga torre de vigia romana;
  • PRAÇA DA REPÚBLICA – Ao entrar na praça, está em pleno coração da cidade. Aqui estão, frente a frente, o poder temporal, nos Paços do Concelho, e o poder sagrado, na Igreja de São João Batista, edifício que foi erguido paredes meias com a Corredoura (tradicional rua comercial), onde apresenta uma fachada gótica e uma torre octogonal manuelina. Ao centro da praça, rodeado por respeitáveis edifícios, eleva-se D. Gualdim Pais, Mestre Templário, fundador de Tomar;
  • O QUE FAZER – Uma das melhores maneiras de conhecer a história que envolve cada um dos monumentos da cidade e seus misteriosos segredos, é fazer um percurso de Tuk Tuk. Nós fizemos um dos roteiros disponíveis na Tuk Lovers e foi uma experiência maravilhosa. A Catarina, nossa driver/guia, foi excelente e deu-nos a conhecer o que faz de Tomar um lugar único e especial! Preço: a partir de 10 €;
  • ONDE COMER – Não faltam opções gastronómicas na cidade mas a escolha acabou por recair no restaurante italiano – La Bella. Fizemos mais que uma refeição no La Bella e ficámos bastante satisfeitos com o serviço e qualidade da refeição. Por esse motivo o recomendamos! Está bem localizado, a poucos metros da Praça da República, no centro histórico da cidade;
  • O QUE COMER – Não deixes de experimentar os famosos doces do conventuais Tomarense! A doçaria tem como especialidade exclusiva de Tomar, as “Fatias de Tomar”. Nas várias confeitarias há Castanhas Doces, Queijadas de Amêndoa, Doces de Chila, Fios de Ovos e os provocadores “Bolos de Cama” e os “Beija-me Depressa”. Nós escolhemos a pastelaria Estrela de Tomar para experimentar as Queijadas de amêndoa … são uma delícia!”

Sigam o trabalho do Marco e da Andreia nas redes sociais!

Subscrever Blog

Sempre que publicarmos um novo artigo serão os primeiros a saber. Basta subscrever o blog para receberem a notificação de novos artigos por email.

Para organizares as tuas viagens...

Reserva aqui o teu alojamento ao melhor preço no Booking.


Preferes uma plataforma de alojamentos e experiências? Cria conta no Airbnb e recebe 20€ para gastares na tua primeira estadia.


Não viajes sem seguro, porque nunca sabes o que pode acontecer. Faz aqui o teu seguro de viagem com a IATI Seguros com 5% de desconto.


Estás farto das taxas bancárias que gastas em viagem? Usa o Cartão Revolut e diz adeus às taxas de levantamento.

Reserva a tua viagem através dos nossos links afiliados.
Poderás receber recompensas e estás a ajudar o blog.

Partilhar
  • 9
    Shares

2 comentários

Comentar

%d bloggers like this: