África,  Destinos,  Marrocos

ROADTRIP EM MARROCOS | QUANTO GASTÁMOS NUMA SEMANA

Sabemos que a vossa curiosidade vai muito além do roteiro e dos locais bonitos que vimos país afora, por isso, hoje, estamos aqui para vos falar sobre quanto gastámos na nossa roadtrip em Marrocos.

Estivemos 7 dias por terras Marroquinas e percorremos cerca de 1320kms.

 

Para saberem mais detalhes desta viagem (onde dormir, onde comer e locais a visitar) leiam o post:

Na tabela abaixo, discriminámos os nossos gastos durante um semana de viagem. Portanto, contas feitas, gastámos 1,165.50€ os dois, ou, se preferirem, 582.75€ por pessoa. Queremos salientar que os valores dependem sempre do estilo de viagem de cada um.

Balanço e dicas para reduzir custos...

Se dá para fazer por menos? Óbvio que sim!

Queríamos gastar, no máximo, 500€ por pessoa, por isso não saímos muito do nosso orçamento.

 

Transfers

O nosso objetivo era poupar o dinheiro de transfers em Marraquexe, o que acabou por não acontecer, logo, acrescem 30€ ao orçamento que tínhamos definido. Mas se fosse hoje, voltaríamos a gastar esse dinheiro. Depois do episódio em Fez, decidimos jogar pelo seguro e não perder uma tarde à procura do Riad.

Querem saber mais sobre o que aconteceu em Fez? Leiam o post:

 Entradas

Tínhamos previsto entrar apenas num dos palácios de Marraquexe, mas acabámos por visitar os dois (Palais El Badi e Palais de la Bahia). Este é o campo em que podem gastar, um bocadinho mais, ou um bocadinho menos que nós, dependendo do vosso gosto pessoal. Na nossa opinião, o Palais de la Bahia é muito mais interessante, uma vez que ainda podem ser vistos detalhes culturais do palácio. Embora o Palais El Badi tenha sido grandioso na sua época, neste momento, está reduzido a ruínas.

Também visitámos o Jardin Majorelle, que é imperdível. No entanto não visitámos o Le Jardin Secret.

Fora muitas outras coisas que existem para ver, cada um deve decidir o balanço certo dentro do seu orçamento para gastar em entradas. Nós retiraríamos a entrada no Palais el Badi porque não achámos que tenha acrescentado muito à nossa viagem.

Refeições

Na noite que passámos em Fez, acabámos por jantar no Riad, o que fica bastante mais caro do que num restaurante de rua. Estávamos cansados e apetecia-nos a calma e silêncio que não se faziam sentir para além das portas do Riad. Não nos arrependemos, porque a comida era incrível.

No geral, Marrocos é daqueles sítios em que podemos jantar num rooftop na praça principal da cidade, sem olhar muito a preços. É tudo muito barato, relativamente a Portugal.

Reserva do carro

Sabemos que o valor que pagámos foi um pouco acima da média, porque não reservámos com a devida antecedência. Se a reserva tivesse sido feita no mesmo momento do voo tínhamos pago metade do preço. Erro nosso que deixámos passar o tempo, sem decidir o roteiro que iríamos fazer. Portanto, já sabem, construam logo um roteiro de viagem, para poderem poupar neste campo.

Souvenirs

Os souks Marroquinos são uma perdição e é impossível sair de lá sem comprar mil lembranças. Portanto, preparem-se para o comércio agressivo, e para dizer que não, no mínimo, mil vezes. Esta categoria de gastos é opcional, claro. O segredo para gastar menos é regatear sempre! Em Marrocos, o primeiro preço que pedem por alguma coisa, é sempre o dobro daquele a que acabam por vender.

Na altura não fizemos seguro. No entanto, não volta a acontecer. Temos percebido, ao longo do tempo, que existem sempre alguns percalços em viagem. Neste caso, o João ficou doente e tentámos resolver as coisas sem recorrer a cuidados de saúde. No entanto, se tivéssemos seguro não pensaríamos duas vezes.

O que recomendamos, é que viajem em segurança. Podem fazer a vossa reserva na IATI, com 5% de desconto, através do nosso link. Existem vários tipos de seguro que podem escolher, com diferentes tipos de coberturas e ajustados à viagem que vão fazer.

O preço das viagens depende sempre um pouco de nós, nomeadamente na antecedência nas reservas, dos alojamentos escolhidos e dos locais onde comemos. Se o vosso orçamento é inferior, e for vossa intenção visitar Marrocos, não deixem de o fazer porque é exequível por bastante menos que o valor que gastámos.

Partilhar
  • 1
    Share

Comentar

%d bloggers like this: