Destinos,  Espanha,  Europa,  Maiorca,  Roteiros

Maiorca | As melhores praias das caraíbas espanholas

Como ir às Caraíbas sem precisar de fazer uma viagem de oito horas de avião? Visitar Maiorca! Se procuram umas férias de praia, calor, águas tépidas e azul turquesa, este é um excelente destino. Qual a melhor parte? É mesmo aqui ao lado.


Quanto tempo ficar?

Ficámos seis dias na ilha e, não fosse a chuva dos últimos dois dias, teríamos visitado todos as praias que tínhamos previamente definido. No entanto, consideramos que sete a oito dias será o ideal para aproveitar, com calma, as praias maiorquinas.

A nossa viagem foi em Outubro, época na qual a ilha não se encontra tão lotada de turistas, o que influenciou positivamente a nossa experiência.


A classificação que apresentamos é uma opinião muito pessoal. Isto não significa que as menos bonitas para nós, não mereçam a visita.

Playa Formentor

5/5

Uma praia rodeada pelas montanhas do Cabo Formentor. É a comunhão perfeita entre o mar e a montanha.

A localização da baía é o que confere a este local um ambiente místico. A beleza é completamente diferente de tudo o que vimos em Maiorca. A sensação é de paz e de um contacto extremo com a natureza.

Chegámos a esta praia logo de manhã, depois de visitar o Cabo Formentor, no Norte da ilha e, por isso, não havia muita gente, ainda que estejam, constantemente, barcos cheios de turistas a chegar e a partir.

Lemos relatos de que o preço do estacionamento não dissuade a quantidade de pessoas que quer aproveitar esta praia e que, por norma, costuma ficar lotada.

Existe um parque de estacionamento pago onde terão mesmo que deixar o carro, visto que não existe outro local. O preço são quatro cêntimos por minuto. Pagámos dez euros para ficar uma manhã, mas valeu cada cêntimo.

Caló des Moro

4.5/5

A enseada obrigatória de Maiorca. A vista é de cortar a respiração. Os azuis de diferentes tons são algo que não nos lembrávamos de ver desde o México.

A praia fica localizada dentro de uma propriedade privada, que abriga também a vizinha Cala S´Almonia. Os donos da propriedade deixam circular os turistas, com advertências para não deixar lixo nem fumar no local. Para chegar a Caló des Moro é preciso uma caminhada de dois a três minutos entre a vegetação e o acesso não é muito fácil visto que é preciso descer alguns “degraus” improvisados na rocha.

O único senão desta praia é o tamanho do areal, que é minúsculo. Nós conseguimos um sítio em cima de uma rocha para desfrutar um pouco daquela água de cores incríveis e uma temperatura bastante agradável para Outubro.

Temos plena consciência que, na época alta, seria praticamente impossível sequer descer até à praia.

Não existem bares nem restaurantes no local, por isso, se vão para ficar, levem comida e água.

Cala S´Almonia

4/5

A Mariana já tinha planeado visitar Caló des Moro. O que não sabia é que para lá chegar tinha de passar em Cala S´Almonia. Tínhamos ideia que os acessos eram feitos por sítios diferentes. Quando saímos do carro havia uma placa que indicava que o acesso a ambas as praias era comum.

A vista era deslumbrante. No começo da descida daquelas dezenas de degraus, as diferentes cores naquele mar, faziam prever mais uma maravilha, e os nossos olhos, de facto, não nos enganaram.

Aconselhamos a chegar bem cedo porque o estacionamento estava lotado quando saímos.

Cala S´Almonia não é uma praia de areia. No entanto, a paisagem faz com que a visita seja bastante merecida.

Playa de Illetas

3/5

Illetas é uma praia urbana, localizada entre Palma e Magaluf, rodeada de aldeamentos turísticos, hotéis e restaurantes.

Foi a primeira praia que visitámos em Maiorca. Não havia praticamente ninguém. Apenas algumas pessoas que aproveitavam os raios de sol, daquela manhã de Outono, para ler o seu livro. Não havia barulho e o ambiente era de puro relaxamento.

A ideia era só parar para tirar umas fotos, mas não resistimos a dar um mergulho. llletas foi o primeiro impacto que tivemos com as águas maiorquinas.

Perguntámos-nos: se este sítio não era para ficar como serão os outros?

Apesar de ter sido uma primeira experiência muito positiva, ainda não era bem isto que procurávamos. Queríamos as enseadas na natureza e não o contexto citadino.

Portals Vells

4/5

Depois de sairmos da playa de illetas, acabámos por pesquisar uma praia relativamente perto onde pudéssemos aproveitar até ao almoço. Seguimos em direcção a portals vells que se localiza logo abaixo de Magaluf. Aquilo que encontrámos foi uma verdadeira surpresa. Foi a primeira vez que achámos mesmo que estávamos nas Caraíbas.

Ainda que com muitos barcos de recreio ao redor da praia, a beleza de portals vells é incontornável. As águas límpidas e a areia clara, aliadas a uma envolvência natural pouco manipulada, foi o que nos fez apaixonar.

Este local não estava nos nossos planos, porque ainda era uma zona próxima da cidade, mas nós queríamos descansar e aproveitar ao máximo a temperatura que se fazia sentir. Foi a melhor decisão que tomámos.

Cala D´Or

3/5

Chegámos a Cala D´Or por um caminho alternativo. Encontrámos uma descida no meio de umas casas, que nos foi levar acima da rocha que rodeia esta enseada.

Não queremos com esta classificação dizer que esta paisagem não é bonita. Estaríamos a mentir. Mas, depois de já termos visitado algumas praias, acabamos sempre por fazer algumas comparações.

Apesar de Cala D´Or estar situada na costa com as melhores águas de Maiorca, preferimos playa formentor ou portals vells.

Esta praia seria mais uma de passagem para conseguirmos absorver ao máximo as paisagens maiorquinas, mas acabámos por ficar um pouco. No entanto, estávamos com um bichinho de que algo melhor ainda estava para vir e seguimos até Cala Llombards.

Cala Llombards

5/5

Sabem quando ficamos de queixo caído a olhar para alguma coisa? Foi assim que ficámos quando chegámos a Cala Llombards. Para nós, foi, sem sombra de dúvida, a praia mais bonita onde estivemos em Maiorca.

Esta cala está localizada na zona de Santanyí, na costa Leste da ilha. Tem uma infra-estrutura muito boa, com nadador-salvador, estacionamento no local e um bar sempre lotado de turistas que querem aliar a sua refeição a uma vista incrível. Para os amantes de snorkeling, esta baía de águas cristalinas é ideal para a actividade.

Mas não foi isto que nos cativou. Cala Llombards é a combinação perfeita para aqueles dias de descanso que tanto ansiamos o ano inteiro. O areal não é o mais pequeno da ilha, mas também não é extenso e, por esse motivo, este lugar era o que realmente procurávamos. Um sítio bonito, acolhedor e intimista.

A beleza de Cala Llombards é algo inegável. A enseada está rodeada de pequenas casas, com garagens verdes, que parecem ter sido ali colocadas para fazer um conjunto de cores perfeito.

É um verdadeiro cartão postal de Maiorca.

O que ficou por ver?

Choveu torrencialmente nos últimos dois dias e, por isso, precisámos de fazer algumas mudanças em relação ao roteiro que já tínhamos idealizado. Tivemos muita pena de não visitar Cala Pi, Cala Murta, Cala S´Amarador e Cala Mondragó, que estavam na nossa lista de tops.

 

 

Sobre as classificações:

As classificações são sempre bastante subjectivas, uma vez que cada um de nós valoriza coisas diferentes. Neste caso, tanto eu como o João temos opiniões bastante semelhantes. Apreciamos praias mais intimistas e com maior beleza natural, pouco manipuladas e menos lotadas de turistas.

Com estas pontuações não pretendemos dizer-vos para deixarem de visitar os locais com menor rating para nós, antes pelo contrário. Acreditamos que, devemos sempre avaliar se gostamos, ou não, depois de ver. Esta é só a nossa opinião e muito ficou por ver.

Queres planear as tuas férias?

Procura o teu voo aos melhores preços na Momondo

Reserva o teu hotel em Booking.com

Partilhar
  • 9
    Shares

Comentar

%d bloggers like this: