Ásia,  Destinos,  Maldivas

DICAS PARA VISITAR AS MALDIVAS

Sabemos que este é um tema que desperta muita curiosidade em todos vocês e não podíamos deixar de a matar um bocadinho.

Portanto, aqui estamos nós para vos dar as nossas dicas para visitar as Maldivas. Queremos explicar porque escolhemos este destino, quando ir, como marcar a viagem, como escolher o resort e o que podem fazer na ilha.

Bucket List

As últimas férias do ano, no passado Outubro, aproximavam-se e o destino era uma incógnita. Eu queria muito ir à Tailândia e o João queria um destino de férias. E, por férias, entenda-se, não fazer nada e não ter preocupações. Mas como eu escolhi Marrocos, em Julho, esta era a vez dele.

Começámos a fazer uma lista de destinos despreocupados. As hipóteses eram Cuba, México, Menorca, Maldivas e Hurghada. Eu não sou nada apologista de repetir destinos num mundo tão grande, então Cuba e México ficaram excluídos, à  partida. O João dizia que queria sol e que provavelmente não iríamos ter sorte em Menorca. Hurghada era a opção mais sensata e equilibrada, uma vez que Maldivas estava ali só por estar. Digamos que se põe na lista porque é um sonho, mas nunca vai deixar de ser isso. Os sonhos são caros e nunca passam do papel.

Há dias em que estamos naquele limbo de pensamento de que a vida é efémera, fizemos tantas coisas que nunca esperávamos fazer, olhamos para trás e… “Bolas, a vida tem sido incrível!”. Mas no meio desse incrível vemos pessoas a partir e a sofrer, pessoas que não têm oportunidades e, a nossa, estava ali à mão de semear. A sorrir para nós, a acenar e a dizer “é agora ou nunca”.

Como os 30 são os novos 20, reservámo-nos ao direito de nos atirarmos de cabeça e dizer: “VAMOS ÀS MALDIVAS CONCRETIZAR UM SONHO”!

Quando ir?
Se o problema for o budget devem escolher a época baixa. As épocas festivas e de férias escolares fazem disparar os preços.
No entanto, se a questão for o clima, a melhor altura para visitar é de Dezembro a Abril. Só existem duas estações, a seca e a das monções. A época das chuvas intensas acontece entre Maio e Outubro, altura que devem evitar, mas nós sentimos que a sorte estava connosco. As temperaturas rondam sempre os 30º graus, uma vez que o arquipélago se situa na linha do Equador.
Nós viajámos na última semana de Outubro. Choveu durante uma tarde e duas noites. No dia em que regressámos chovia torrencialmente. Podemos dizer que, face à altura que visitámos, não podia ter sido melhor, ou como dissemos acima no texto, a sorte estava connosco.
Como marcar uma viagem para as Maldivas?

É possível ir às Maldivas sem recorrer a uma agência de viagens. Podem fazer as reservas do voo, hotel, seguro (IATI seguros) e consulta do viajante online. Quando marcam é necessário ter em atenção que vão precisar de um transfer desde a capital, Malé, para o respetivo atol (ilha). Esse transfer será uma lancha rápida ou um hidroavião mediante a proximidade, ou não, de Malé. No entanto, se utilizarem a página do resort que escolherem, é possível obter os preços da estadia no regime escolhido, transfer e green tax. A green tax é uma taxa turística aplicada a cada turista que visita as Maldivas, por cada 24h de estadia, com um custo de 6 dólares em resorts e hotéis, e de 3 dólares em guesthouses.

Nós decidimos recorrer a uma agência. Já não tínhamos tempo para comparações de preços de voos, de hotéis e também não queríamos preocupações. Reservámos o nosso pacote de viagem com a ISD Travel.

Vista do hidroavião
Atol deserto
Hidroavião pronto para levantar no Kuredu Island Resort

Como escolher um Resort nas Maldivas?

Esta é aquela pergunta básica e que gera sempre uma resposta um pouco redundante: depende do vosso budget.

Num regime tudo incluído, é possível viajar na época baixa a rondar os 1700€ por pessoa, na melhor das hipóteses. Mas o céu é o limite e existem resorts verdadeiramente caros e luxuosos nos atóis das Maldivas. Devem definir primeiro quanto podem gastar e, de seguida, perceber quais os resorts que se encaixam no vosso orçamento.

Os valores também dependem do regime escolhido e do tipo de quarto que pretendem. Os quartos mais económicos são sempre os Garden Bungalows, que ficam na zona mais interna do atol. Os intermédios são os Sea Front Vila, na primeira linha da praia e os mais caros são as Water Vilas, as casinhas de sonho em cima da água.

 

Nós escolhemos um garden bungalow no Kuredu Island Resort, em regime tudo incluído. Se não querem andar a fazer contas para além do que já pagaram na agência de viagens, aconselhamos o tudo incluído, porque como o nome diz…não há extras. E os extras nas Maldivas são pagos a peso de ouro.

Paia do Kuredu Island Resort
Zona de Refeições
Quarto Garden Bungalow
Zona de celebrações
Decoração da mesa no último jantar no resort
O que fazer nas Maldivas?

As Maldivas é um destino dolce fare niente. É o verdadeiro éden para os casais. Mas têm mesmo de ir no espírito do descanso e serem amantes de praia.

Para nós houve muita coisa para fazer, nomeadamente parar no tempo, ler um livro ou dois, passear à beira mar, fotografar, namorar, ver o pôr do sol todos os dias. Aquelas coisas cliché mas que sabem tão bem.

No entanto, para quem se cansa das coisas cliché, existem várias tours que podem comprar no resort como snorkeling noturno, observação de mantas e tubarões em alto mar, jantar num restaurante subaquático. Tudo isto incrível, mas não é ao preço da chuva. Se não é do vosso interesse gastar mais, para além do que já investiram na viagem, é possível fazer snorkeling na praia do resort. Levem o vosso kit na bagagem e vão poder observar diferentes espécies de peixes, raias e tartarugas.

E para nós, as melhores coisas que se podem fazer são grátis: desfrutar do mar mais bonito que alguma vez vimos!

As Maldivas são um destino de sonho para os amantes de praia e de locais paradisíacos. Nós também nos encontramos nesse lote. Costumamos dizer que somos os viajantes 50-50, adoramos conhecer e explorar, mas também não nos chateia nada estar uma semana numa ilha paradisíaca e não fazer nenhum. No entanto, para quem não gosta muito de um local sem atividades culturais, não é o destino indicado.


Se nos perguntarem se valeu a pena? Sem pestanejar: SIM!

Maldivas é o sonho da bucket list cumprido. Um verdadeiro paraíso zen que superou largamente as nossas expectativas!

Parceiros OCTL
Reserva a tua viagem através dos nossos links.
Poderás receber recompensas e estás a ajudar o blog.
Momondo
Booking
AirBnB
IATI Seguros
RentalCars
Revolut
Hi,Hi Guide
Chocolate Box

Partilhar
  • 22
    Shares

2 comentários

  • Victor Paiva

    olá boa noite

    Vi o vosso blogue da viagem as maldivas, pois queremos ir brevemente, e queria pôr algumas questões
    1- como se processa a mudança de avião no Dubai para as Maldivas pois o horário que tenho danos 1h e 45 entre chegada e partida novamente, e as a malas que estavam no porão??? do voo de lisboa
    2- taxa turística 6dls por pessoa dia?
    3- aceitam euros e existe multibanco??

    obrigado

    • ourcolorfultravelife

      Olá Vitor. Desde já agradecemos o seu interesse e esperamos que tenha o prazer de conhecer aquele paraíso. Relativamente às suas questões:
      1 – O nosso voo fez escala em Moscovo porque voámos com a Aeroflot. No entanto, 1h45m é sempre um pouco apertado se o primeiro vos sofrer algum atraso. Na ida a nossa escala foi de 5h por isso estaríamos à vontade. Na vinda foram apenas duas horas, no entanto o voo desde Malé até Moscovo partiu com atraso e tínhamos apenas 45 minutos para fazer a ligação. Conseguimos porque quando se faz voos de ligação em Moscovo saímos diretamente na nova porta de embarque e não é necessário trocar de terminais. Relativamente às malas é preciso fazer check in direto no primeiro voos senão não passam diretamente de um voo para outro.
      2-Em relação à taxa turística tem toda a informação no site do governo das Maldivas.
      3-Aceitam Euros. Existem em Malé mas não existia um multibanco no Resort. Pode sempre fazer os pagamentos com o Revolut. No entanto deve procurar a informação no resort para no qual está interessado umas vez que isso varia.

      Esperamos ter esclarecido as suas dúvidas!
      Obrigado

Comentar

%d bloggers like this: