Áustria,  Destinos,  Europa,  Roteiros

Áustria | Roteiro de 8 Dias

Depois de uma semana por terras austríacas, aqui estamos nós para vos mostrar o lado colorido da Áustria.

# Dia 1 - Viena/Salzburgo

Aterrámos no aeroporto de Viena pelas 14h30 e fomos buscar o carro que tínhamos reservado previamente. A rent-a-car ficava localizada dentro do aeroporto por isso foi só seguir as placas. Muito fácil.

Seguimos em direcção a Salzburgo. A viagem demorou cerca de 3h. Ainda parámos numa estação de serviço para abastecer o estômago e o nível de cafeína. Existem várias ao longo do caminho. Algumas têm WC grátis e máquinas de vending com cafés e snacks. Já outras, são parecidas com as nossas portuguesas, com a diferença que na Áustria se paga 0,70€ para usar o WC. No entanto, quando se paga sai um ticket de 0,50€ para descontar numa compra em qualquer área de serviço desse género. É só entregar o voucher ao balcão.

Assim que chegámos a Salzburgo, por volta das 19h, fizémos o check-in no hotel (Hotel Vogelweiderhof). Fomos procurar um sítio para comer e ainda aproveitámos para dar uma volta no centro histórico.

#Dia 2 - Salzburgo/Innsbruck

Como na noite anterior já estávamos cansados da viagem, decidimos, durante a manhã, dar especial atenção a Salzburgo.

Salzburgo, a cidade de Mozart!

Tudo na cidade é uma referência ao músico, não fosse esta a sua cidade Natal. O centro histórico é Património Mundial da Unesco, desde 1996. O nome Salzburgo quer dizer fortaleza de sal e a cidade localiza-se nas margens do rio Salzach.

Visitámos a cidade a pé, passando por todos os pontos principais: Siegmundstor, Casa de Mozart, Rathaus, Catedral de Salzburgo, Residenzplatz, Kapitelplatz, Mozartplatz, Landestheater, Museu Mozart.

A cidade é rodeada por duas montanhas menores, Mönchsberg e Kapuzinerberg. A Fortaleza de Hohensalzburg está localizada na colina de seu nome Festungsberg e é um dos castelos medievais mais antigos da Europa. Se quiserem visitar o castelo, o acesso é apenas feito a pé, de táxi ou através do ascensor.

A  seguir ao almoço seguimos até Innsbruck, onde chegámos por volta das 15h30. A viagem demorou cerca de 2h. Estacionámos o carro perto do centro e fomos visitar a cidade.

Innsbruck, a amorosa capital dos Alpes Austríacos!

O nome Innsbruck advém do rio que passa pela cidade e a tradução é “Ponte do rio Inn”. É uma cidade pequena, sem aquelas construções megalómanas, mas que nos cativou bastante pelo seu charme e edifícios coloridos. Innsbruck tornou-se a capital de todo o Tirol em 1429.

No centro histórico podemos visitar os telhados de ouro (“Goldene Dachl“) e observar vários edifícios históricos completamente coloridos e trabalhados. Seguimos em direcção a Sparkassenplatz, percorremos os quarteirões passando por várias igrejas, pela Catedral até chegarmos ao Triumphpforte. Deste arco temos uma vista incrível sobre a montanha da cidade que se chama Patscherkofel. E obtivemos a respostas ao porquê de andar tanta gente na rua com equipamento de ski.

Ficámos hospedados no Hotel Dollinger. Fizemos o check-in e voltámos ao centro para jantar. A cidade, à noite, não faz jus àquilo que é durante o dia, porque não se consegue perceber as cores incríveis e os desenhos dos edifícios.

Quando chegámos ao carro tínhamos uma prenda, uma multa de estacionamento. Fizemos mal a tradução do sinal de trânsito e a polícia austríaca não brinca. Para ficarem a par, mesmo que os outros carros não tenham ticket de estacionamento, podem existir outras vias de pagar o estacionamento. A polícia quando passa apenas insere a matrícula no sistema deles e verifica se tem o estacionamento pago, ou não. Lição: se tiverem dúvidas, não olhem para os carros ao lado.

#Dia 3 - Innsbruck/Hallstatt/Graz

Saímos de manhã cedo rumo a Hallstatt. Aquele lugar que, para nós, seria a cereja no topo do bolo.

O percurso demorou cerca de 3h30m, porque fomos fazendo paragens ao longo do caminho. Uma coisa que convém estarem atentos é aos limites de velocidade nas auto-estradas. Os limites variam entre 80km/h, 100km/h e 120km/h dependendo da zona. Vimos vários controlos a veículos pesados, o que significa que é melhor prevenir…já para não falar na multa que já tínhamos. Prevenir para poupar!

No caminho até Hallstatt existem vilarejos bastante bonitos como Abtenau e Gosau. O contraste dos campos meio verdes, meio cobertos de neve, as pistas de ski e as montanhas,tornaram, sem dúvida, este percurso de carro, o mais bonito que fizemos em toda a Áustria.

Hallstatt, a aldeia mais bonita de todo o sempre!

À chegada a Hallstatt deixámos o carro num dos parques da aldeia para finalmente conhecermos a nossa protecção de ecrã da televisão. As imagens falam por si e se querem saber mais aguardem pelo post sobre este lugar incrível.

Seguimos em direcção a Graz, numa viagem de mais 2h20m. O dia foi bastante cansativo, por isso quando chegámos à cidade só quisemos fazer o check-in no hotel (Jufa Graz Sud), procurar um sítio para comer e, finalmente, descansar.

Temos de salientar uma coisa sobre a cidade, foi o sítio onde melhor comemos na Áustria. O restaurante chamava-se Glockl Brau e todas as comidas que vieram para a mesa estavam divinais. Provámos o tradicional schnitzel (panado de porco) e um schnitzel com sementes de abóbora, um mix de salsichas com pimentos e uns noodles de queijo com cebola frita. Todos os pratos, sem excepção estavam incríveis.

#Dia 4 - Graz/Viena

Graz, a cidade da melhor comida!

De manhã visitámos o centro histórico de Graz, a segunda maior cidade do país.

Caminhámos um pouco ao sabor do vento. Passámos pela praça principal Hauptplatz, onde se encontra a câmara municipal (Rathaus), edifícios históricos e a Casa das Armas (Landeszeughaus). Subimos uma rua paralela à praça e andámos sem destino. Passámos pela igreja franciscana e demos um passeio no parque da cidade. Passámos também pela Ópera de Graz e pela Herz-Jesu-Kirche (a igreja incrível das fotos em baixo).

Ainda nos faltavam 2h30m de viagem, por isso, a seguir ao almoço, fizemo-nos à estrada. Mais um kms e chegámos a Viena, onde passámos o resto dos dias da viagem.

#Dia 5,6,7 e 8- Viena

Viena, a cidade imperial

Chegámos a Viena já ao final da tarde e, como o hotel (Der Wilhelmshof) era perto do Prater (parque de diversões de Viena), fomos até lá.

Viena é um misto de imperial com algo que não sabemos bem descrever. Tem uma lado chique e outro que se tenta desagregar completamente dessa ideia. Visitámos alguns monumentos tanto de dia como de noite e temos de dizer que Viena tem mais encanto de noite. Mas isto é a nossa opinião muito pessoal. Vamos falar sobre a cidade num post à parte, como é óbvio, para lhe dar o destaque merecido.

Entregámos o carro três dias antes de sair do país, visto que em Viena utilizámos os transportes públicos, que compensam bastante em relação ao aluguer e estacionamento.

Balanço da Viagem:

O João sempre teve uma grande expectativa em Viena e já éramos para ter visitado a cidade quando fomos a Praga e Budapeste. No entanto, em termos de cidades europeias não conseguiu entrar no nosso top 3. Não significa que não seja incrivelmente bonito, porque é. Estaríamos a mentir ao dizer que não. Mas como visitámos outros lugares, acabamos sempre por comparar. Ambos concordamos que o auge foi Hallstatt e Innsbruck.

Os dias que estivemos na Áustria foram suficientes face ao que tínhamos planeado.

Subscrever Blog

Sempre que publicarmos um novo artigo serão os primeiros a saber. Basta subscrever o blog para receberem a notificação de novos artigos por email.

Para organizares as tuas viagens...

Reserva aqui o teu alojamento ao melhor preço no Booking.


Preferes uma plataforma de alojamentos e experiências? Cria conta no Airbnb e recebe 20€ para gastares na tua primeira estadia.


Não viajes sem seguro, porque nunca sabes o que pode acontecer. Faz aqui o teu seguro de viagem com a IATI Seguros com 5% de desconto.


Estás farto das taxas bancárias que gastas em viagem? Usa o Cartão Revolut e diz adeus às taxas de levantamento.

Reserva a tua viagem através dos nossos links afiliados.
Poderás receber recompensas e estás a ajudar o blog.

Partilhar
  • 25
    Shares

Comentar

%d bloggers like this: