7 Maravilhas - Aldeias,  Aldeias Históricas,  Centro de Portugal,  Destinos,  Europa,  Portugal

7 MARAVILHAS DE PORTUGAL | UMA VISITA À ALDEIA REMOTA DO PIÓDÃO

Depois de visitarmos Dornes, no ano passado, e Sistelo, já no início deste ano, ficou a promessa de concluir o roteiro das 7 Maravilhas de Portugal – Aldeias. Empenhados na concretização deste objetivo fomos, estrada fora, pelas curvas e contracurvas da N344, até ao Piódão.

Devem estar a perguntar-se se nunca tínhamos visitado uma das aldeias mais famosas de Portugal. Isso seria um pecado … Mas calma! A nossa primeira visita foi há 8 anos atrás. A camada de pó estava bem assente sobre as memórias de um lugar que, na altura, visitámos sem sonhar que iríamos escrever sobre ele.

Decidimos que era melhor abrir a arca da memória e limpar a poeira que as divisões fechadas acumulam. Queríamos receber a aldeia remota do Piódão, de coração aberto, e com os olhos de quem já passou dos 30.

Sobre o Piódão

O Piódão é uma freguesia do concelho de Arganil, situada na Serra do Açor. É uma das 12 Aldeias Históricas, uma vez que serviu como refúgio a muitos que se queriam esconder por questões políticas. Foi vencedora da categoria Aldeia Remota, das 7 Maravilhas de Portugal – Aldeias, e é apelidada de “Aldeia Presépio”, pela imagem que é criada assim que o sol se põe. O que se pode observar é um anfiteatro  de casinhas iluminadas de luzes amarelas, muito acolhedoras.

Mas, nem só de galardões é feito o Piódão. Quando avistamos a aldeia, é impossível não nos enchermos de amor e perceber que temos locais verdadeiramente bonitos e singulares no nosso país. O Piódão é único. Quem é que nunca, sem ter lá ido, consegue identificar este lugar se vir uma foto do mesmo? É bastante fácil não é? Exatamente porque não existe mais nenhuma aldeia assim em Portugal.

Pelas curvas da estrada vemos, ao longe, as casas de xisto e telhados de ardósia cravadas na montanha. A aldeia parece longínqua e bucólica. As curvas parecem não ter fim. No entanto, a beleza deste lugar remoto, não reside apenas no sítio em si, mas no percurso até lá. As montanhas e vales de tons verde e terra, são a recompensa bem choruda para visitar uma das 7 Maravilhas de Portugal – Aldeias.

O que fazer

Quando chegamos ao Piódão somos brindados com o largo da Igreja Matriz. É um retrato bem característico e quase sempre presente quando pesquisamos imagens da aldeia. A sua imponência perante as casas de xisto é inegável, quase como se de uma guardiã se tratasse. Um edifício branco, de linhas azuis que, sem ser em xisto, é uma comunhão perfeita com os tons daquele lugar.

Mergulhamos nas ruas de pedras desalinhadas e é como se recuássemos no tempo. Aos tempos em que ainda deviam existir mais do que “meia dúzia” de habitantes.  Por aqui, os poucos, dedicam-se à agricultura, criação de gado e apicultura. Dentro das ruas que traçam a montanha passámos pela Capela das Almas, pela Capela de São João e pela Fonte dos Algares. Existe também um piscina fluvial que, estava fechada na altura.

Por aqui passam diversos trilhos da Serra do Açor. Mas, se não se querem aventurar em grandes rotas, é possível fazer um pequeno percurso pedestre entre outras aldeias da freguesia, como a Foz da Égua. Um lugar imperdível, com uma das praias fluviais mais bonitas que conhecemos.

Não deixámos o Piódão sem trazer para casa um bocadinho daquela aldeia tão típica. No largo da Igreja Matriz há um restaurante/loja de artesanato que é uma perdição. E lá veio, no saco, um queijo de cabra e um licor de flor de Sabugueiro do Solar dos Pachecos, um assador de chouriço e uma mini casinha de xisto para o frigorífico. Este foi o nosso pequeno contributo para a economia local e o nosso paladar ficou bem mais agradecido do que aquilo que investimos.

É prazeroso perceber que se pretende perpetuar a arquitetura e as características que transformam esta aldeia num lugar de património. O Piódão parece uma pintura feita na montanha. Uma ilustração de casas de xisto de portas e janelas azuis. São estes pormenores que criam a singularidade característica do Piódão.

Visitar o Piódão é ir para lá da montanha, a um lugar remoto, perdido no meio da Serra, mas que merece, sem dúvida o galardão das 7 Maravilhas de Portugal – Aldeias.

Esta é apenas uma das #10milhoesderazoes para ficar em Portugal

Subscrever Blog

Sempre que publicarmos um novo artigo serão os primeiros a saber. Basta subscrever o blog para receberem a notificação de novos artigos por email.

Partilhar
  • 44
    Shares

Comentar

%d bloggers like this: